15 mil estudantes entre 13 e 15 anos já fumaram crack

Publicado em jun 25, 2014

15 mil estudantes entre 13 e 15 anos já fumaram crack

Aproximadamente 75 mil alunos do último ano do Ensino Fundamental nas escolas brasileiras fumavam maconha e 15 mil fumavam crack, de acordo com dados da PeNSE (Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar).

Trata-se de adolescentes, em sua maioria, entre 13 e 15 anos de idade, que frequentam a escola. O percentual de 0,5%, embora pareça bastante pequeno, merece cuidado e análise mais aprofundada, pois o crack é uma droga debilitante, que provoca o afastamento da escola, da família e do convívio social.

Mais de 50% dos entrevistados disseram também ter experimentado uma dose de bebida alcoólica na vida. A mistura álcool e cocaína produz uma substância ainda mais tóxica que cada uma separadamente, um coquetel que pode lesar o tecido nervoso. A maconha, parte do coquetel, dificulta ainda mais o processo de desintoxicação e recuperação. As três subiram no ranking, sinal de que estamos perdendo a guerra. Ressalto que o impacto no cérebro do adolescente e imprevisível e pode gerar inúmeros problemas, bem mais graves que em um adulto.

Clínica de Reabilitação e Tratamento para Dependentes Químicos ~ Alcool ~ Drogas Nova Aurora conta com uma equipe de funcionários que estimula o uso de modelos de comportamentos positivos no interior da comunidade. Dispomos de psiquiatra, psicólogo, personal trainer, filósofo, técnico em dependência química, monitores e coordenador, com larga experiência na área, além de enfermeiro de nível superior. Nossa Clínica de Reabilitação se encontra ao lado de Recife-PE à poucos minutos do Centro. Atendemos também dependentes químicos de João Pessoa, Maceió e Natal. Entre em contato conosco!