Crack provoca morte de neurônios

Publicado em jun 25, 2014

Crack provoca morte de neurônios

O usuário de crack, ao fumar uma pedra da droga, inala não apenas a cocaína, mas também uma substância derivada de sua pirólise, um éster denominado metilecgonidina (AEME). Essa substância provoca a morte de neurônios de um modo muito mais agressivo do que aquele observado quando o usuário cheira ou injeta a cocaína, como mostram estudos in vitro realizados na Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF) da USP.

O crack é a mistura da pasta bruta de cocaína, bicarbonato de sódio e água. E estes resultados indicam que o usuário de crack pode estar exposto a uma maior neurodegeneração em relação aos usuários de outras formas de uso da cocaína.

Sabe-se que a fumaça que o usuário inala com a queima da pedra do crack é absorvida rapidamente pelo organismo, provocando, do mesmo modo, um efeito muito rápido. Então, quanto mais o usuário fuma, mais rápido é o efeito. E quanto mais ele fuma, mais ele quer fumar, e mais rápido se torna dependente da droga.
A Clínica de Recuperação Nova Aurora conta com uma equipe de funcionários que estimula o uso de modelos de comportamentos positivos no interior da comunidade. Nossa Clínica de Reabilitação se encontra ao lado de Recife-PE à poucos minutos do Centro. Atendemos também dependentes químicos de João Pessoa – PB, Maceió – AL e Natal – RN. Entre em contato conosco!