O processo de internação e recuperação de dependentes

Publicado em jun 25, 2014

O processo de internação e recuperação de dependentes

A internação de dependentes químicos deve ser tratada de forma mais ampla. Ela não deve ser utilizada somente para deixar o dependente confinado, longe da droga. É necessário que um tratamento seja feito por equipe multidisciplinar, trabalhando a parte física e também a psicológica do paciente, que deve ter acompanhamento por mais tempo depois de finalizada a terapia clínica.

Há observações ainda, que mais do que a vontade de sobriedade, ou seja, estar sem fazer uso da droga, é preciso atentar para as mudanças de comportamento da reinserção social. É necessário afastar o paciente do que o levou à busca das drogas e incentivar a criação de novos horizontes.

Segundo psicólogos, 60% dos casos teve a maconha como porta de entrada. Os pais devem estar atentos, pois não existe a pior droga, todas são destrutivas.