Uso e efeitos da maconha

Publicado em jun 25, 2014

Uso e efeitos da maconha

A maconha pode ser consumida de várias formas: através de cachimbos, cigarros, inalações, e também de chás. O viciado começa usando maconha aos poucos, e à medida que vai consumindo, o organismo se torna dependente da droga. E assim, para se sentir eufórico cada vez mais, aumenta a dosagem, de forma que a dependência cresce e fica muito mais difícil largar.

O uso da droga em altas doses produzem alucinações, ilusões ou paranoias, pensamento confuso e desorganizado, sinais de despersonalização, ansiedade e angústia que podem levar ao pânico, medo da morte e incapacidade para o ato sexual.

Acontece que, geralmente um viciado em maconha também é viciado em outras drogas como cocaína e álcool, e como a dependência é considerada uma doença, cada caso é um caso único a ser tratado. Mas é importante que se saiba que o grande passo para deixar o vício deve ser dado pelo usuário, pois ele é peça fundamental para o sucesso do tratamento para dependentes químicos.